domingo, 24 de abril de 2011

destiny.


Não nasci para ficar em um lugar só, virar estátua ou mero objeto de decoração. Não nasci para ser de alguém, eu sou de ninguém. Essa é a minha sina, meu destino, a razão pela qual estou aqui. É, eu vim para completar e não para ser completada. Uma doação diária, que tem como consequência a minha solidão. Amargo destino. Doce solidão.

Um comentário:

  1. Adorei Naty =) Vc é excelente com palavras, tem um dom! Parabéns!!

    ResponderExcluir